Sobre a Arte de Ressignificar

18 de Maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído oficialmente no país através da lei nº 9.970, de 17 de maio de 2000.



A escolha desta data é em memória do "Caso Araceli", um crime que chocou o país na época. Araceli Crespo era uma menina de apenas 8 anos de idade, que foi estuprada e violentamente assassinada em 18 de maio de 1973. Infelizmente este crime bárbaro e hediondo ainda segue impune.

De acordo com os dados oficiais os números de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes no país continuam assustadores e, por isso, a data se faz tão importante, pois tem o intuito de ajudar a combater este mal que destrói a vida de milhares infantes e jovens todos os anos.

Muitos ainda confundem o significado de abuso com exploração sexual; são duas coisas distintas, onde a exploração consiste em usar a criança ou o adolescente como forma de ganhar dinheiro, oferecendo-lhe como "ferramenta" de prazer, enquanto o abuso é toda forma de relação ou jogo entre um adulto (ou até mesmo um jovem) e um menor, com o objetivo de satisfação deste adulto e/ou de outros adultos, sem visar remuneração ou comércio.

Nós, Psicólogos estamos juntos na luta pela proteção dos direitos humanos das crianças e adolescentes e buscamos sempre a efetivação de políticas públicas que previnam e intervenham em tais situações, fazendo valer as leis que protegem a infância e a juventude de qualquer tipo ou forma de opressão e violência.

Em casos apresentados com características de abuso ou exploração sexual, é nosso dever a busca pela interdisciplinaridade e junção de  diferentes olhares, segmentos e práticas profissionais, para configurarmos, assim, uma real e eficaz rede de proteção e resgate da saúde mental da vítima deste tipo de crime.

Estejamos todos atentos e vigilantes nesta luta e não nos esqueçamos de manter o diálogo constante com nossas crianças e adolescentes. Vale ressaltar que nos casos de abuso ou exploração, geralmente, as vítimas tem o seu comportamento extremamente alterado e uma grande parte dos crimes são cometidos por parentes ou pessoas muito próximas da família. 

O Disque 100 é um dos serviços disponíveis ao combate destes crimes, sendo disponibilizado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, onde, através de ligações gratuitas, são registradas denúncias anônimas, para que se investiguem os possíveis casos.

Se você souber ou desconfia que alguma criança ou adolescente sofre algum tipo de abuso ou exploração, não guarde isso para você! Denuncie! O bem estar e a segurança de todas as crianças e adolescentes é uma responsabilidade nossa!

Psicólogo Jansen Sarmento
CRP: 05-38624
(21) 98337-2725 - 99131-6295

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário