Não tente mudar o outro; mude você!

Violência contra a mulher: um crime que não deve ser justificado, nem normalizado

Violência contra a mulher: um crime que não deve ser justificado, nem normalizado




Mais um vídeo de violência contra a mulher toma conta dos noticiários e dessa vez a vítima foi a esposa de um famoso DJ, aqui do país...


Desta vez, o caso toma vulto e gera revolta, mas, quantos são os casos anônimos e sem voz, onde, além da violência, pessoas próximas a tudo isso ficam caladas, alegando que em briga de marido e mulher, não se mete a colher?


É preciso denunciar e não silenciar! Em muitos casos, além de apanhar, a vítima pode ser assassinada. Não seja cúmplice disso!


Nada de justificar, nada de minimizar ou de chamar MIMIMI... Bater em mulher é covardia e não existe normalidade nisso!


Se você é vítima ou conhece alguém que seja: grite, peça ajuda e denuncie! 


Se você é agressor ou tem impulsos para a agressão: não justifique, nem normalize sua conduta! Se você agrediu, já cometeu um crime que tem de ser punido com o devido rigor da lei. 


E se você tem pensamentos que te levam a uma possível agressão, significa que a qualquer momento poderá se tornar um criminoso. Procure ajuda psicológica ou psiquiátrica para ontem e não estrague a sua vida e tão pouco a vida da mulher que está do seu lado! 


A prevenção é uma das soluções para a fim da violência contra a mulher. 


Psicólogo Jansen Sarmento

CRP: 05/38624

(21) 98337-2725

Atendimento on line

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário