Sobre a Arte de Ressignificar

Carência afetiva: você sofre deste mal?

Carência afetiva: você sofre deste mal?


E quantas pessoas são as que confundem suas necessidades de cuidados com amor e se prendem em uma relação que muitas vezes lhe é prejudicial e tóxica?

E quantos são os que identificam tais relações como carência, mas, ainda assim, preferem ignorar e fechar os olho,s se mantendo em uma história sem brilho e sem vida?

Saiba que, apesar do seu esforço de ignorar os fatos e se manter preso a uma história sem futuro, só para estar ligado a alguém, o seu vazio continuará a te rondar e te impedirá de uma vida plena consigo mesmo.

Que tal olhar para dentro de si e refletir se você está vivendo uma história assim? Sempre é tempo de admitir essa sua carência e (re)construir uma nova estrada...

Você merece ser feliz pode encontrar essa força em si mesmo para seguir em frente, distante de relações que só te fazem mal. Como diz o ditado: antes só, que mal acompanhado.



E caso você se reconheça dentro deste emaranhado e ache que não consegue sair dele, talvez esteja na hora de procurar auxílio especializado para trilhar um novo caminho, dirigido exclusivamente por ti. A terapia pode ser a solução... Pense nisso!

Psicólogo Jansen Sarmento
CRP: 05-38624
(21) 98337-2725 - 99131-6295
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário