Sobre a Arte de Ressignificar

Luto: um processo doloroso e necessário

Luto: um processo doloroso e necessário



Se engana quem pensa que o luto só acontece quando um ente querido perde a vida. Toda e qualquer perda ou separação pode nos causar este sentimento,  nos trazendo dor e saudades, fazendo com que precisemos de tempo para que tenhamos nossas feridas curadas e cicatrizadas. 

O processo do luto consiste em um período duro e solitário, onde a dor, a tristeza e o sofrimento se instalam e somente o tempo é capaz de amenizá-lo... É também um período muito subjetivo, onde cada um de nós assimila a perda de acordo com sua própria personalidade e estilo de vida...

Mas, o luto não traz só a dor e sofrimento; ele nos faz pensar e repensar a vida, pode nos trazer aprendizado e nos deixar mais fortes, frente as adversidades e perdas que em um momento, ou n'outro, voltarão a acontecer durante toda nossa existência... 

Não tem jeito: as dores do luto irão acompanhar o ser humano e nenhum de nós estará imune ou protegido contra este sentimento. Passar por ele não é sinônimo de vida mal aproveitada ou má administrada... 

O luto da separação conjugal, da despedida dos filhos que ganharam asas e saíram de casa, do fim de uma amizade, da saída de um emprego, da aquisição de uma doença, entre tantos outros motivos, são questões da existência humana e não teremos como deixar de encará-los.

Nestes dias de ditadura da felicidade, estabelecidos pelas redes sociais, onde os risos e o imaginário da felicidade parecem nunca ter fim, é importante dizer que vivenciar as dores da perda fazem parte da construção e amadurecimento humano... Não existe mal algum em sentir tristeza ou ter medo! É preciso sentir para depois abrir mão da dor e seguir em frente.

O luto até pode nos levar a um processo depressivo, mas, passar por ele não significa que a depressão vá chegar e se instalar, tornando-se uma companhia diária. A tristeza, a dor e a saudade são sentimentos comuns e momentâneos, assim como a alegria, o otimismo, a esperança e perseverança...

Uma vida plena consiste em passar e experimentar os momentos bons e ruins. Portanto, vale a pena refletir para tirar aprendizado e proveito de cada momento que a nossa história nos apresenta. Podemos crescer em cada um deles... Pense nisso!

Ah, caso esteja difícil para você encontrar este tom e passar de forma saudável pelos seus momentos de adversidade, não pense duas vezes: procure ajuda profissional. Sua vida poderá ganhar novos rumos... Pense nisso!

Psicólogo Jansen Sarmento
CRP: 05/38624
(21) 99131-6295
Atendimento On Line, Presencial e Domiciliar.

Agende sua consulta aqui.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário