Não tente mudar o outro; mude você!

Não tente mudar o outro; mude você!

Não tente mudar o outro; mude você!




E quanta gente nos procura querendo mudar o comportamento do outro... 


Até aí não há problema, pois, em diversos casos é o olhar alheio que inicia a percepção de que algo está fora do tom e precisa ser mudado...






Contudo, são muitos os que nos procuram esperando algo a mais nesta mudança. A ideia é mais ou menos a seguinte: "você precisa mudar para ficar melhor para mim; vá à terapia para você ser o que eu quero que você seja"!




Sinto muito informar mas este não é o lugar da terapia! Sua função é a de investimento pessoal, independente se isso irá beneficiar ou não, a pessoa que indicou e insistiu para a realização do processo.


Vale pontuar que esta chamada de atenção não quer dizer que não devamos incentivar pessoas que amamos para a terapia; ao contrário: isso é um ato de amor, quando isso é feito respeitando a subjetividade de seus pares. 


Booking.com


Contudo, é importante que se observe a intenção neste incentivo e quais expectativas que se carregam no investimento do outro... 


Se não for o desejo genuíno de ajuda, mas, sim, um interesse pessoal de que se conserte as demandas que você julga erradas, a decepção pode ser grande. Por isso, nestes casos, vale mais investir na sua própria terapia. Pense nisso.


Jansen Santos Sarmento da Silva - Doctoralia.com.br


Psicólogo Jansen Sarmento

CRP: 05/38624

(21) 98337-2725

Atendimento On Line

Proxima
Esta é a mais nova atual página
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário