Não tente mudar o outro; mude você!

Hipocondrismo: algumas considerações.

Hipocondrismo: algumas considerações.



Hipocondrismo é o medo, sem fundamentos, de ser vítima de uma doença grave e fatal, com base no achismo ou na interpretação equivocada de algum funcionamento do organismo.

É mais que uma simples mania e está relacionada ao distúrbio de ansiedade, podendo causar sofrimento intenso, paralização da vida cotidiana e deteriorização da qualidade de vida.

Dois grandes perigos de quem sofre de hipocondria são a automedicação e a realização desnecessária de exames, pois, em ambos os casos, podem surgir complicações e efeitos colaterais dos fármacos consumidos, como também dos exames realizados (a radiação é um dos exemplos).

Seguem alguns sinais que apontam para a possibilidade de um quadro hipocondríaco:

1. Preocupação excessiva com a saúde e pânico quando algum sinal de debilitação aparece, por mais simples ou corriqueiro que seja (uma tosse ou espirro podem causar suspeitas alarmantes para a pessoa).

2.  A pessoa se torna uma cliente assídua de farmácias, postos de saúde e hospitais, possuindo, inclusive seu próprio estoque de medicamentos em casa.

3. Pesquisa de doenças e busca de diagnósticos em sites, bem como a eterna dúvida da própria saúde, mesmo que os médicos afirmem estar tudo bem.

4. Pensamentos frequentes de ter uma nova doença e que ela pode ou vai causar falecimento.

5. Sensação e percepção dos sintomas da doença que imagina ter, mesmo que  nenhum exame objetivo a comprove.

6. Ao ouvir falar de alguma doença, o indivíduo acredita que será a próxima vítima.

7. Monitoramento constante do corpo e queixas que ninguém mais vê.

8. Certeza que a família, amigos e os médicos não levam a sério as preocupações que o mesmo tem com sua saúde.

Nem sempre é fácil diagnosticar um quadro de hipocondria. Muitos que sofrem do transtorno até identificam seus sinais, porém, se negam a aceitá-los, fugindo, assim, da ajuda necessária para serem superadas, justificando que possuem um problema físico e não de ordem mental.

As causas da hipocondria ainda são desconhecidas, mas, além de estarem associadas ao transtorno de ansiedade, também podem se manifestar em pessoas com depressão, transtorno de pânico ou com histórico de problemas de saúde na infância.

Para vencer a hipocondria, o acompanhamento de um profissional especializado é fundamental, bem como o apoio da família e dos amigos.

Existindo algum caso próximo onde os sintomas mencionados tenham lhe causado algum alerta (seja com você mesmo ou alguém próximo), vale a pena buscar por avaliação psicológica, psiquiátrica ou médica.

Quanto mais cedo o problema for tratado, melhores as possibilidades de recuperação e de redução dos impactos negativos do transtorno. Pense nisso...

Psicólogo Jansen Sarmento
CRP: 05/38624
(21) 99131-6295
Atendimento Adulto e Infantil – Presencial e On Line.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário