Encontre aqui o seu hotel!

Booking.com

Quando o acúmulo de dinheiro empobrece...

Quando o acúmulo de dinheiro empobrece...

Marcas Exclusivas 300x250


Quem não gosta de dinheiro? Nós, simples mortais, que não nascemos em berço de ouro, sabemos do quanto é difícil de ganhar na loteria, que tivemos que batalhar para conquistar um lugar ao sol e que até os dias de hoje, temos que ralar muito para adquirirmos o pão nosso de cada dia estamos sempre a procura ganharmos um pouco mais de dinheiro para conseguirmos usufruir de uma vida mais qualitativa e com um pouquinho mais de conforto.

É mais do que justo estarmos nessa batalha diária e agarrarmos com unhas e dentes a oportunidade de ganharmos o nosso lugarzinho lugar ao sol... Para isso, acabamos nos desdobrando para chegarmos o mais próximo possível daquilo que queremos para nós. É uma caminhada que, em muitos casos, é árdua e que não acontece de de uma hora para outra; o trajeto é lento, longo e vai acontecendo de passo em passo e como é gratificante quando fazemos isso corretamente, pois é delicioso aproveitarmos tudo aquilo que conquistamos!

728x90 Gol

A grande questão é quando perdemos o linear do apego ao dinheiro, dos bens materiais e abdicamos da qualidade de vida com a justificativa de que estamos fazendo para termos um futuro digno e qualitativo, deixando justamente de aproveitar tudo aquilo que queríamos. O processo acontece quase que de forma imperceptível e lá estamos nós abrindo mão da família, dos amigos, do lazer, em nome, justamente, da busca por uma vida melhor. É um ir e vir ao trabalho e de afazeres profissionais, enquanto o lazer, a atenção às pessoas amadas e coisas simples, porém, prazerosas do dia a dia vão ficando para trás...

Quantas pessoas trabalhadoras, merecedoras de tudo o que conquistaram estão, neste momento, ao ponto de infartar, de perder a família e amigos, em nome do sucesso profissional, material e presas na manutenção ou na busca pelo enriquecimento unica e exclusivamente do seu patrimônio? Quantos não estão focados no dinheiro, enquanto o resto acaba sendo posto de lado? Se algum leitor está nesta condição, é hora de parar para pensar e, se tiver condições psíquicas de se perceber assim, desacelerar, mudando o seu rumo! Pois, é aí que o dinheiro se torna pobre e, dentro de algum tempo perceberemos que ele valerá pouco para nós!

NativaSPA 728x90

Dinheiro é bom e paga muita coisa boa na vida, mas, para que viver somente em função dele? Por que não buscar o equilíbrio e conciliar bem estar material com o bem estar emocional? Por que não tentar deixar a ambição cega de lado para dar lugar à apreciação da vida e daqueles que estão ao seu redor, dispostos a dar e receber amor, companheirismo e amizade? Por que não se curtir e esbanjar com você mesmo, de vez em quando?

A vida passa rápido... É necessário termos consciência que para mantermos amores, família e amigos do nosso lado é imprescindível o cultivo e a valorização dos mesmos. Por mais pacientes e compreensivas, as pessoas acabam se cansando de somente dar, sem nada receber em troca. O que consiste na continuidade das relações é a reciprocidade. Gostar de dinheiro e ter ambição não faz mal a ninguém, mas, a ambição maior deve ser a busca pela paz de espírito, diversão e, principalmente, buscar uma vida completa com os entes amados que estão ao nosso redor.

100 Million Reviews 728x90  

Busquemos o sucesso profissional, corramos atrás da independência financeira e garimpemos um futuro melhor e mais tranquilo, contudo, que não permitamos o ofuscamento da nossa visão da alma. Que não percamos a sensibilidade e o olhar para a beleza da vida e ao companheirismo das pessoas que amamos. No final das contas, a vida se esvairá e os bens conquistados, que foram tão priorizados ficará para outros usufruírem... Que pensemos muito nisso, pois, de nada adianta conquistar o mundo e não conseguir conquistar a nós mesmos e as pessoas que amamos! Conforto financeiro é bom, mas, o conforto da alma é melhor! Deficiência financeira é ruim, mas, deficiência de espírito é pior ainda!

Jansen Sarmento
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário