Booking.com

Ollantaytambo: tão impressionante quanto Machu Picchu

Ollantaytambo: tão impressionante quanto Machu Picchu


Algumas das grandezas do império inca já haviam sido descritas no texto "Sobre o Vale Sagrado e Ollantaytambo: uma introdução!", contudo, faltava falar mais sobre uma grande cidade que acabou sendo ofuscada diante da Cidadela Sagrada de Machu Picchu.



Trata-se de Ollantaytambo: para grande parte dos turistas (posso afirmar, sem medo de errar, que a maioria deles), a cidade é mais conhecida como um destino de passagem para Machu Picchu do que necessariamente um ponto imperdível de visitação, o que é uma pena, pois para a surpresa dos desavisados aquele espaço monumental impressiona tanto como a Cidadela Sagrada!


Ela é a única grande cidade do império inca que ainda continua habitada e em seus palácios continuam a viver descendentes dos nobres de grandes famílias cusquenhas. Seus pátios ainda permanecem intactos e com eles a grandiosidade de uma estrutura que compunha um complexo militar, administrativo, religioso e agrícola.



Diferente de Machu Picchu que, mesmo após mais de um século de descoberta, ainda continua a nos surpreender com novas revelações sobre ela, Ollantaytambo tem inúmeros registros de sua história, que contam sobre a chegada do império inca, sua ascensão; a invasão dos espanhóis, a tentativa de conter suas forças e a fuga deste povo para a floresta, além dos eventos posteriores da conquista da potência européia...


 photo header-achados-natura-mobile_zpso6hf37f0.jpg

Por ser um o único dos grandes locais do Vale Sagrado que ainda tem moradores, ela é considerada uma cidade inca viva, pois, muitos ainda mantêm os costumes de seus ancestrais, mesmo com o advento da modernidade e do encontro com diversas culturas em decorrência do agigantamento do turismo de massa na região.





Além das impressionantes ruínas da cidadela principal (que está inclusa no bilhete  para visitação do Vale Sagrado), Ollantaytambo tem outros atrativos a serem desbravados por seus visitantes... Entre eles destaca-se o Pinkuylluna: um  sítio arqueológico gratuito e de fácil acesso  com paisagens de tirar o fôlego da antiga cidade e esqueletos  de casas incas que continuam de pé.



Caminhar pelas montanhas da região a procura de vestígios incas, apreciar a praça principal da cidade com suas lojinhas de artesanato, andar pelo antigo mercado e a ponte inca, percorrer as ruas sem rumo observando as construções ou simplesmente deixar a vida passar sentado num bar ou restaurante...


Sem contar a belíssima viagem de trem ou o mini trekking pela hidrelétrica levando até Águas Calientes (cidade ponto de partida para Machu Picchu), que fazem de Ollantaytambo muito mais que uma simples rota de passagem para a Cidadela Sagrada!


Muitos são os encantos de Ollantaytambo e vale a pena dar uma repensada antes de transformá-la num simples destino de passagem... Sua beleza e energia impressionam, fazendo dela um lugar tão sensacional quanto Machu Picchu. Estique um pouco mais sua viagem e reserve uns dois dias para apreciar com calma o que a única cidade viva dos incas tem para oferecer!




Querendo obter maiores informações sobre Ollantaytambo e demais lugares de domínio do império inca, pode me perguntar que eu conto tudo! Ah, precisando de consultoria para a viagem dos seus sonhos, pode me procurar no e-mail: jansen.sarmento@gmail.com  ou na minha fanpage (Jansen Terapeuta pelo Mundo). Comigo não há preocupações com roteiro, hospedagem, compra de passagens e outras questões burocráticas.... Pode acreditar: sai muito mais em conta do que se pode imaginar! Viajar é meu mundo... Viajar é terapêutico!

Jansen Sarmento











Proxima
Esta é a mais nova atual página
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Clique aqui para comentários
Aline Costa
Administrador
10 de setembro de 2018 09:39 ×

Uhull.. me chama que eu vou!!

Parabéns Aline Costa
Responder
avatar
Obrigado pelo seu comentário