Booking.com

Sobre o Vale Sagrado e Ollantaytambo: uma introdução!

Sobre o Vale Sagrado e Ollantaytambo: uma introdução!

Ollantaytambo

Que Machu Picchu é um local impressionante qualquer pessoa já sabe! O destino é tão comentado e divulgado que os desejosos por conhecê-la já tem a certeza de uma experiência única e singular ao tocar os pés naquele solo, considerado (com justiça, diga-se de passagem) como a maior riqueza turística e cultural do Peru.

Acontece que na ânsia de conhecer a Cidade Sagrada dos Incas, muitos acabam não se dando conta que ao redor de Cusco (o ponto de partida inicial para a cidade inca) está o Vale Sagrado: uma região que foi crucial para o crescimento e prosperidade da antiga civilização peruana.

O cansaço visível por conta dos efeitos causados pelo mal estar da altitude no sítio arqueológico de Sacsayhuaman

Não que o passeio seja desconhecido; ele é um tour tradicional e obrigatório, mas, a grande questão é que, inicialmente, sua importância e beleza acabam sendo um tanto quanto ofuscadas diante de todos os holofotes que são voltados para a Cidadela Sagrada... E é, justamente este o motivo de contar um pouco mais sobre a importância desta impressionante região, chamada de Vale Sagrado:

Vale Sagrado, Moray

O sítio arqueológico de Moray funcionava como um centro de pesquisa agrícola, onde cada nível oferecia um ambiente climático diferente e servia para cultivar diferentes plantas de forma experimental.

Compreendido entre as cidades de Pisac e Ollantaytambo, o lugar era muito apreciado pelos incas, por conta de suas condições geográficas e climáticas. As qualidades da região aos olhos incas eram tamanhas, que a civilização a transformou no seu principal ponto de produção e cultivo.

As Cordilheiras dos Andes nos faz companhia durante todo o tour pelo Vale Sagrado dos Incas

Chinchero é o primeiro sítio a ser visitado no tour do Vale Sagrado 

Tendo como ponto de partida a cidade de Cusco o visitante tem uma jornada por algumas cidades e vilarejos do vale e somente neste passeio, observando com os próprios olhos, é que se tem, de fato, a dimensão e vislumbre real de toda engenhosidade e grandeza do que era o império inca...

 photo Sem ttulo_zps8ipv2s29.png

O passeio tradicional consiste na visitação dos sítios arqueológicos de Chinchero, Moray, Ollantaytambo e Pisac, além das Salineras de Maras (nela os ingressos são vendidos a parte, como um complemento do tour pelas agências de Cusco), durando um dia inteiro de visitações e, assim como tudo ao que ser refere ao império inca, impressiona!

Uma das ruelas de Chinchero

Embora não faça parte do boleto turístico do Vale Sagrado, as salineras de Maras estão inclusas como rota do passeio e vale a pena pagar a parte para conhecer esse lugar que há mais de dois milênios anos produz sal em plena Cordilheira dos Andes. 

Mas, por falta de tempo (ou até mesmo desinformação) boa parte dos visitantes costuma não terminar todo o tour e fica na penúltima parada (Ollantaytambo) por um pequeno tempo, não com o intuito de conhecer de fato o que é um dos complexos mais grandiosos e impressionantes da antiga civilização, mas, sim para seguir viagem no trem que segue para Águas Calientes, rumo ao encontro da maior maravilha turística peruana...


Sítio Arqueológico de Pisac

Sítio arqueológico de Ollantaytambo

E diante da complexidade e grandiosidade desta cidade não existe a menor possibilidade de passar batido por ela, sem deixar registrada as impressões da antiga fortaleza monumental inca; um local único de grande beleza e que impressiona, já mesmo, em seu portal de entrada!

A visão que se tem ao chegar na cidade de Ollantaytambro

Por isso, é hora de se preparar para adentrar na história de um sítio arqueológico arrebatador e majestoso, que na minha opinião, contém as mesmas dimensões de grandeza e suntuosidade da poderosa Machu Picchu... Sejam bem vindos a Ollantaytambo!
(Continua)

Um pouco da grandiosidade de Ollantaytambro

Ollantaytambo é tão impressionante como Machu Picchu



Querendo obter maiores informações sobre o Vale Sagrado dos Incas, pode me perguntar que eu conto tudo! Ah, precisando de consultoria para a viagem dos seus sonhos, pode me procurar no e-mail: jansen.sarmento@gmail.com  ou na minha fanpage (Jansen Terapeuta pelo Mundo). Comigo não há preocupações com roteiro, hospedagem, compra de passagens e outras questões burocráticas.... Pode acreditar: sai muito mais em conta do que se pode imaginar! Viajar é meu mundo... Viajar é terapêutico!

Jansen Sarmento







Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário