Encontre aqui o seu hotel!

Booking.com

Lençóis Maranhenses: o que conhecer?

Lençóis Maranhenses: o que conhecer?


As possibilidades dessa região única do mundo são muitas e as belezas não ficam restritas somente a imensidão de areia dos Lençóis. Mata nativa, rio de águas cristalinas, manguezais e praias tornam a região definitivamente incomparável...


Sendo assim, está na hora de fechar o ciclo de textos (Sobre os Lençóis Maranhenses: uma introdução e Barreirinhas (Lençóis Maranhenses): algumas dicas e informações) sobre esse paraíso na terra e mostrar o que conhecer numa primeira visita, tendo como base a cidade de Barreirinhas,  de preferência, nos meses de junho a agosto, quando as piscinas naturais estão no seu auge.

Circuito das Dunas: Lagoa Azul



Este deve ser o primeiro contato com a imensidão das dunas. Enfrentar o balançar divertido do veículo 4X4 pelos caminhos arenosos, chegar no parque e avistar aquele mar sem fim de areias com suas piscinas é de chorar de emoção. Vá na parte da tarde para avistar o incrível pôr do sol.

__


Passeio de Bóia (Bóia Cross)

Esta é uma atividade super relaxante e gostosa para se fazer na região dos Lençóis, no povoado de Cardosa, onde o visitante deita numa boia, no calmo e cristalino Rio Formiga, sendo levado pela correnteza e apreciando a paisagem, observando a flora e fauna maranhense existente ao redor... São 1:30h, aproximadamente, de desligamento com o mundo externo e em plena paz de espírito! Vale muito a pena!

Circuito Caburé



Este tour que dura praticamente um dia inteiro é de tirar o fôlego! Se inicia com um passeio de lancha pelo Rio Preguiças levando os visitantes até a simpática comunidade de Vassouras e seus Pequenos Lençóis, depois seguem até o vilarejo de Mandacaru, subindo os 160 degraus do Farol de mesmo nome, fechando o circuito na estonteante Península de Caburé, um belíssimo braço de dunas localizado entre o rio e o mar.

Circuito Atins



Outro passeio que dura um dia inteiro, levando os participantes até o rústico vilarejo de Atins para visitar suas praias e belas dunas... Impossível não se apaixonar por este circuito! Uma dica: leve um dinheiro extra e muita fome para comer os famosos camarões do Antônio ou da Luzia; artisticamente temperados, grelhados no ponto certo, crocantes e macios, feitos com perfeição. Pense na ideia de pernoitar, no mínimo uma noite na vila para curtir ainda mais o clima quase selvagem do lugar.

Vôo Panorâmico

Há quem tenha receio e, por falta de maiores garantias de segurança, opte por não experimentar essa aventura, mas, a visão das dunas e suas piscinas lá do alto é inesquecível e compensa os possíveis riscos... Os sobrevôos, que duram entre trinta minutos e uma hora, mais ou menos são fantásticos. Imperdível.

__


Circuito das Dunas: Lagoa Bonita



Um dos passeios mais espetaculares para quem se hospeda na cidade Barreirinhas. Ele se destaca pela subida de uma duna de areia com uma média de 70 metros de altura, mas que se altera de acordo com a força dos ventos (na minha vez foram 83 metros de subida), tendo inclusive, uma corda para auxiliar na subida. A visão que se tem do topo é de tirar o fôlego. Cada passo dado para o alto, cada gosta de suor derramada e o enorme esforço gasto vale a pena. Faça o circuito na parte da tarde para apreciar um dos pores de sol mais bonitos da sua vida.

Santo Amaro

Não é recomendável um bate e volta até a Vila de Santo Amaro, que fica praticamente dentro do Parque Nacional, mas, sim ficar um ou mais dias para aproveitar melhor as piscinas mais bonitas dos Lençóis Maranhenses. Há, inclusive, lagoas que podem ser conhecidas a pé, numa caminhada de aproximadamente uma hora, partindo do vilarejo. Visitantes mais despojados e aventureiros trocam sem pestanejar a cidade de Barreirinhas pela rústica Santo Amaro...


Muito ainda há para ser dito sobre a espetacular região dos Lençóis Maranhenses, mas, por hora, os locais mencionados farão a festa de qualquer um que queira conhecê-la. O ideal seria um período de nove a dez dias de estadia, com calma e sem correria...


Porém, como muitos não dispõem de tal tempo, com quatro dias inteiros em Barreirinhas, se consegue praticamente todos os roteiros apontados (exceto o de Santo Amaro), só que numa vibe mais corrida e, portanto, sem a mesma magia de uma visita mais longa, contudo, ainda assim, a viagem se mostrará extremamente proveitosa e encantadora.


E você? Tá esperando o quê para planejar sua ida para os Lençóis Maranhenses? Não perca tempo, pois o lugar é mágico! Ah, precisando de consultoria para a viagem dos seus sonhos, pode me procurar no e-mail: jansen.sarmento@gmail.com. Comigo não há preocupações com roteiro, hospedagem, compra de passagens e outras questões burocráticas.... Pode acreditar: sai muito mais em conta do que se pode imaginar! Viajar é meu mundo... Viajar é terapêutico!

Jansen Sarmento



  
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário