Encontre aqui o seu hotel!

Booking.com

Cinco destinos onde o único calçado exigido é o chinelo

Cinco destinos onde o único calçado exigido é o chinelo

Foz do Rio Preguiça - MA

Destinos turísticos cosmopolitas como Rio de Janeiro e São Paulo são ótimos: teatro, cinema, shows, restaurantes renomados, charme, glamour e elegância fazem parte do pacote dos que querem viver o luxo e o conforto que só as grandes cidades sabem proporcionar...

Veículos de tração 4x4 são fundamentais para se chegar a Atins

Acontece que nem todos querem somente essa vida de príncipes e princesas e, por isso, vem buscado novas alternativas e descobertas para uma viagem mais impactante e repleta de emoções: sensações, até então nunca vividas, onde a cultura e a arte não requerem roupas elegantes, sapatos impecáveis, nem maquiagens elaboradas!


Jericoacoara a noite

O charme destes destinos está em sua simplicidade, a cultura está no seu modo de vida e nos seus costumes; a arte se faz presente em peças e criações de locais (sejam eles filhos da terra ou nativos emprestados, que ali chegaram, se apaixonaram pela terra e decidiram criar raízes nessas terras). Nada de museus renomados, nada de salas suntuosas e repletas de riquezas sem fim; nada de entradas caras e concorridas: tudo é visto e contemplado sem muito luxo ou ostentação...

Chegada em Caraíva

A ostentação está nas paisagens exuberantes, na vida simples e descompromissada, sem a pressa e a correria do dia a dia da cidade grande...

Guido's Restaurante: Lagostas a preço convidativo na ilha de Boipeba



Por conta do encantamento que alguns destes locais me proporcionaram, escolhi cinco destinos onde a experiência de desapego é quase que prioritária. Neles não existe a necessidade de roupa de grife, de andar em sintonia com a moda, nem a exigência de ver e ser visto... Ali vale a espontaneidade, o desapego e um bom chinelo de dedo!

Mangue Seco - BA

Segue abaixo a lista de cinco lugares que me encantaram e me deram o prazer de vivenciar uma vida rústica e deliciosa enquanto estive hospedado neles:

5) Caraíva - BA




Por pouco ela fica de fora da lista... Tudo bem que Caraíva é linda, com ruas de areia, nada de luz de postes nas ruas a noite e quase um sonho para aqueles que buscam uma vida simples, mas, a fama de Caraíva como destino cult tomou grandes vultos e fizeram os preços dispararem ao cúmulo do absurdo: restaurantes super caros, passeios com valores exorbitantes, nativos (incluindo aí crianças) trabalhando pesado e uma galera que destoa e muito do que se prega numa estadia no vilarejo aparecem por lá na alta temporada. Mas, apesar de tudo, ainda vale bastante a ida... Para mochileiros mais econômicos existem campings, hostels, casas nativas, marmitex que conseguem fugir da pegada carérrima, fazendo de Caraíva um destino de legítimos aventureiros.

4) Mangue Seco - BA




Situada na cidade de Jandaíra, divisa com o estado de Sergipe, Mangue seco é muito visitada como um passeio de bate e volta a partir de Aracaju, mas, ao colocar os pés nesta terra o arrependimento por se fazer somente um passeio de excursão... O lugar é simplesmente encantador, com um potencial incrível para oferecer muito mais do que um único dia de paz e sossego em suas dunas, praias e rios que cortam o lugar!

3) Boipeba - BA



 

Outro lugar magnífico e nem tanto conhecido pelos viajantes. Boipeba está pertinho de Morro de São Paulo e, por isso, é um pouquinho ofuscada pela ilha vizinha... Ainda bem! Por ter um fluxo de turistas bem menor a ilha conseguiu manter preservada sua pegada selvagem, simples, econômica e deliciosa!

2) Jericoacoara - CE




Jericoacoara é fabulosa! Lugar que consegue atender o desejo de todos que a visitam: seja dos mais ricos e sofisticados, seja dos mais mochileiros, barraqueiros e econômicos. E o melhor de tudo: sem decepcionar ou desapontar! Apesar do enorme crescimento turístico e visibilidade, o vilarejo não perdeu sua essência e originalidade, mantendo, ainda, todo o despojamento e naturalidade do passado! Simplesmente maravilhosa!

1) Atins - MA







Por um tris, Jeri não ganhou a minha preferência, mas, o que pesou muito na minha decisão foi o fato de Atins ser o mais selvagem de todos os vilarejos mencionados... Ali não existe o falso desapego que senti Caraíva... A luz elétrica chegou há pouco, mas, as noites continuam escuras e iluminadas somente pela luz da lua e das estrelas. Chegar até ela é bem mais complicado que em qualquer um dos destinos acima. Nela não existem diferenciações: ricos e pobres compartilham do mesmo ambiente rústico e sem luxos, além de um visual deslumbrante, com a deliciosa companhia do Oceano Atlântico, do Rio Preguiça e a vastidão dos Lençóis Maranhenses como pano de fundo! Um verdadeiro paraíso!



Querendo obter maiores informações sobre estes lindos destinos, pode me perguntar que eu conto tudo! Ah, precisando de consultoria para a viagem dos seus sonhos, pode me procurar no e-mail: jansen.sarmento@gmail.com. Comigo não há preocupações com roteiro, hospedagem, compra de passagens e outras questões burocráticas.... Pode acreditar: sai muito mais em conta do que se pode imaginar! Viajar é meu mundo... Viajar é terapêutico!

Jansen Sarmento
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário