Encontre aqui o seu hotel!

Booking.com

Jericoacoara e a incrível caminhada até a Pedra Furada!

Jericoacoara e a incrível caminhada até a Pedra Furada!


Booking.com


Quem conhece ou já ouviu falar de Jericoacoara sabe que a Pedra Furada é o seu cartão postal mais belo e emblemático... Para quem ainda a desconhece, trata-se de um belíssimo rochedo a beira mar, esculpido pelo tempo, que o transformou numa belíssima pedra com um buraco no meio, do qual se avista o estonteante e esverdeado mar cearense do outro lado...



Para se chegar até ela são três as possibilidades, partindo do centrinho de Jeri: por cima do morro do Serrote, num percurso que pode ser feito a pé, em aproximadamente 30 minutos, de charrete ou cavalo (leva-se menos de 10 minutos); outro meio interessante, porém pouco utilizado é o de barco, onde os mais preguiçosos tem a chance de avistar a vila e a famosa pedra de um ângulo bem diferente que o habitual. Já a terceira e de longe a melhor opção é feita pela praia, numa caminhada que leva em torno de 40 minutos, na maré baixa, com a visão de belíssimas praias e rochedos esculpidos com perfeição pela mãe natureza e ainda com muitas surpresas pelo caminho...

Praia da Malhada

Pedra Furada vista do alto do morro do Serrote

Find-the-Perfect-Hotel 728x90

Em todos os percursos se têm visões e ângulos distintos e, justamente por isso, não poupo elogios e indico todas as opções. Cada percurso tem seu charme único e faz com que nossos olhos marejem de tanta beleza avistada no caminho do magnífico cartão postal de Jeri. Contudo, se te faltar tempo ou até mesmo grana para dar conta das três opções, se liga nesta dica que vou dar: faça a caminhada até a pedra, a partir da praia da Malhada com um guia! Vou te explicar o porquê:

Praia de Jericoacoara

Final da Praia de Jericoacoara

Através de conversas com pessoas do hostel que me hospedei (Hostel América do Sul: o melhor de Jeri!) e de alguns moradores da cidade, já havia sido informado que a ida pela praia, guardava algumas surpresas: pedras, piscinas naturais e grutas. Alguns fáceis de ser avistados, enquanto outros quase que imperceptíveis, sendo muito comum que o visitante passe despercebido em locais bem interessantes e gostosos de serem vistos.

Caminho até a praia da Malhada, na maré baixa, cercado de piscinas naturais

Pedra do Jacaré

Já havia me deliciado com a caminhada do morro do Serrote, presenciado uma vista sensacional da pedra e do mar de Jeri, além de um pôr do sol de tirar o fôlego, mas, também queria muito conhecer o poço da princesa e algumas grutas que haviam no trajeto e, por isso, me organizei para passar um dia curtindo a praia no Centro e esperar a maré baixar para aproveitar a caminhada...

O guia Genésio: a caminhada não seria a mesma sem ele!

Pedra Solta

Destinos Ecológicos 728x90

Chegada a hora, parti e já no finalzinho da praia de Jeri, a natureza começava a mostrar  todo o seu esplendor: um imenso rochedo de baixo relevo que, na maré baixa, forma diversas piscinas naturais onde muitas pessoas se deliciavam preguiçosamente neles... Chegando na praia da Malhada, que por determinação do IBAMA é completamente vazia, sem bares ou quiosques, conheci um dos guias que ficam por ali, aguardando turistas dispostos conhecer os encantos quase ocultos do trajeto e ofereceu seu serviço por módicos R$ 20,00, para me apresentar alguns encantos ocultos no trajeto até bem próximo da Pedra Furada.

Caverna dos dois Cantos
   
Caverna dos dois cantos 

O guia, que se chama Genésio foi extremamente simpático e atencioso, contou muitos "causos" sobre Jeri, suas praias e dos locais dos quais iríamos conhecer... Pouco a pouco, lá estava eu, completamente extasiado e embevecido com todo o esplendor que só a mãe natureza sabe apresentar: de um lado o morro e suas grutas; no meio, as praias, rochedos, piscinas naturais e do outro lado, um mar verde esmeralda sem fim!

Gruta do Morcego

Gruta do Morcego

No belíssimo caminho descobri a Gruta do Morcego, a piscina dos peixinhos, caverna de duas bocas, pedra do jacaré, piscina (ou buraco) da Princesa e o destino final, que foi combinado com o ótimo guia: a Pedra Solta... E dela já avistávamos o famoso símbolo de Jericoacoara, onde cheguei, sem grande esforço em apenas 5 minutinhos.

Piscina dos Peixinhos

Piscina dos Peixinhos

Perfumes 728x90

Foi tudo tão lindo! E, realmente, exceto pelas pedras do jacaré e solta, dificilmente conseguiria encontrar os lugares mencionados sem o auxílio de alguém que já os conheça... Terminei o passeio subindo o morro do serrote e aproveitando a vista que se tem do vilarejo, das dunas e do belíssimo mar de Jericoacoara... Um cenário que nenhuma foto no mundo consegue replicar com a devida justiça!

Piscina (ou buraco) da Princesa

Piscina (ou buraco) da Princesa



Diante de tanta beleza foi impossível não dividir minha experiência e recomendar este belíssimo passeio que tanto me encantou. Para muitos, ir a pé até Pedra Furada pode significar uma bela caminhada e ponto, mas, deixando-se levar pelas histórias e contos de um guia especializado, muitas descobertas e surpresas estarão a sua espera... Tem momentos, que, mesmo para um turista mais econômico, desembolsar uma graninha a mais faz toda a diferença numa viagem e esta caminhada é uma delas! Pode acreditar e confiar! Quer saber mais? Pode me perguntar que te digo!

Jansen Sarmento 
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário