Encontre aqui o seu hotel!

Booking.com

Petrópolis: um dos tesouros do Rio de Janeiro

Catedral São Pedro de Alcântara

Find-the-Perfect-Hotel 728x90

Cansado da rotina do Rio de Janeiro e já com uma vontade louca de botar o pé na estrada novamente, decidi dar uma mudada nos ares e parti para um bate e volta em Petrópolis... Soube de uma festividade organizada pela colônia japonesa que ali vive e decidi dar uma conferida. Fui sozinho, já que meus amigos mais próximos não se dispuseram a me acompanhar e conhecer um pouco mais sobre o país do sol nascente na cidade imperial... O Bunka Sai - Festival de Cultura do Japão, me surpreendeu: apesar de ser uma festa pequena, me caiu como uma luva, com suas barraquinhas de comidas típicas, atividades ao ar livre, apresentações artísticas e alguns stands de divulgação. A festa ampliou um pouco mais meus conhecimentos japoneses e me levou  a refletir sobre a vida, me fez pensar sobre meus planos futuros e, logicamente, delinear meus próximos passos mochileiros pelo mundo afora...

Bunka Sai - Festival da Cultura do Japão

Corrida 728x90

Petrópolis é um município que conheço bem: desde a minha adolescência frequento a cidade e, pelo menos, uma ou duas vezes por ano, pego um ônibus e vou sozinho ou com amigos bater perna  por lá... Gosto tanto da cidade que se, pudesse, moraria nela sem problema algum... A considero tranquila, bonita, charmosa, de uma história riquíssima e muito próxima de um grande centro urbano, o que me permitiria estar antenado e em dia com as novidades culturais e artísticas de maior relevância para mim!

Destinos Inverno 300x250

A cidade, que já foi região de veraneio do imperador D. Pedro II e de toda a família imperial, tem uma belíssima arquitetura, por conta de sua influência real e em decorrência do seu status imperial no segundo reinado. Também observamos muitos prédios em estilo germânico, por conta da chegada de alemães nos meados do século XIX, para ali morar... Ela está encravada dentro da serra do mar, o que resultou num município adornado pela beleza da floresta tropical e pela suntuosidade e imponência de seus prédios. Além dessa bela mistura existem também os bairros mais distantes, como Itaipava, Araras, Pedro do Rio, onde a natureza fala alto com suas mansões e condomínios de luxo, fazendo dela uma cidade muito procurada pela elite.

Palácio de Cristal

Petrópolis é uma cidade deliciosa, de clima super agradável e com muita história para contar, podendo ser vista (e revista) num bate e volta, como um final de semana ou até mesmo em mais dias... Tudo depende do gosto, da disponibilidade e disposição do viajante em querer adentrar ou não nos detalhes da história do nosso país.

Dia do Consumidor 728x90

Lá encontramos o Museu Imperial, que foi a antiga casa de veraneio da família imperial, a Catedral São Pedro de Alcântara e seu Mausoléu Imperial, com os restos mortais de nosso segundo imperador e de toda sua família, temos  a Casa de Princesa Isabel e o próprio centro histórico da cidade, com suas ruas imponentes e mansões de personalidades políticas  que ali habitaram, o Palácio Quitandinha, que já foi um cassino e hotel de alto luxo. Encontramos, ainda, a Casa de Santos Dumont, que com sua arquitetura simples e funcional, que também nos conta a história do pai da aviação, entre tantos outros prédios históricos e monumentos interessantes, como o Palácio de Cristal, Palácio Rio Negro, Palácio Amarelo, Igreja Luterana, Relógio das Flores, Trono de Fátima (mirante que é, também, um local de peregrinação católica), entre outros...

Museu Imperial

Em Petrópolis há muita coisa para ser vista e aproveitada... A cidade é também um pólo cervejeiro: lá se encontra a imponente Cervejaria Bohemia, aberta à visitação e algumas outras cervejarias menores, sem contar a fábrica da cerveja Itaipava, com o seu Beer Tour... É um excelente pólo gastronômico, com uma grande concentração de restaurantes renomados, no distrito de Itaipava (que é apelidado por muitos de Barra da Tijuca serrana) e nos demais bairros da cidade. Conta, ainda com uma boa vida noturna, principalmente, nos finais de semana. É uma cidade exuberante e, ao meu ver, extremamente elegante, sendo propícia tanto para o turismo urbano, como também a turismo de aventura, estando repleta de trilhas, cachoeiras e costões rochosos a serem desbravados!

Cervejaria Bohemia

A cidade possui uma boa rede hoteleira, com hotéis e pousadas que vão desde os mais econômicos como o Hostel 148 ao mais sofisticados como o Hotel Solar do Império... É uma região que pode ser explorada de diversas maneiras e o mesmo vale para o bolso!  Seu calendário de eventos é muito interessante e no decorrer do ano muitos festivais bacanas acontecem por lá, começando com a Petrópolis Rural, em abril e fechando com o Festival de Cinema e o Natal de Luz, em Dezembro... Vale destacar a Bauernfest - Festa do Colono Alemão, que geralmente ocorre entre a última semana do mês de junho e início do mês de julho, sendo uma das maiores do país, dentro do seu segmento. A Serra Serata - Festa Italiana, no mês de setembro, também é uma ótima pedida! Para quem gosta é só ficar de olha na programação.

Bauernfest - A Festa do Colono Alemão

Petrópolis tem muitos atrativos: super perto da cidade do Rio de Janeiro e de sua região metropolitana e o passeio pode ser feito de carro ou de ônibus, sem grandes complicações... Se ainda não houve oportunidade de conhecê-la, não perca mais tempo: Se organize e procure pelo menos um dia de bate e volta! E nem adianta colocar desculpa na falta de grana, pois, gastei menos de R$ 100,00, incluindo-se passagem, alimentação e compra de alguns souvenirs... Um valor que posso considerar pequeno, levando em em conta os preços praticados na Cidade Maravilhosa, que na maioria das vezes cobra um valor bem mais alto, numa única noite com amigos num bar, restaurante ou boate.
Casa de Santos Dumont

Petrópolis é uma das jóias do Rio de Janeiro e está bem pertinho dos cariocas, pronta pra ser descoberta e desbravada! Se vocês vem de outro estado, não fique só na Cidade Maravilhosa: tirem um dia, pelo menos, e deixem-se encantar por esse pequeno pedaço que tem a cara da época mais áurea do nosso império... Adentrem-se em nossa história e descubram porque ela foi a grande queridinha de D. Pedro II e da família imperial! E, não tenha medo de andar, pois é caminhando que se descobre as suas belezas, inclusive as mais secretas! Use e abuse tudo o que ela tem pra oferecer: Tenho certeza que irão se encantar!

Relógio das Flores

Oculos Antonio Bandeiras - 728 x 90

Precisando de mais dicas e informações sobre a cidade real, é só me contatar... Estou aqui para ajudar! Viajar faz bem à alma, não importa a quilometragem da distância... E se não tiver quem possa te acompanhar nessa odisseia, não titubeie: você é sua melhor companhia!

Jansen Sarmento





Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário